Envie por e-mail

Carregando... Mapa Natal, vai instigando transformações em cada área de experiência, provocando movimentos dentro e fora de nós mesmos. Plutão quer o essencial, quer atitudes corajosas, quer o mergulho no que é obscuro para que então este material possa ser trazido à luz da consciência. Como resistimos muito ao desconhecido, às mudanças cujos resultados finais não sabemos quais serão, Plutão é sempre temido e visto com reticências e arrepios. Plutão nos convida a experimentarmos novas referências, a sairmos da nossa zona de conforto. E isso soa como bastante assustador. Plutão desafia, Plutão pode exaurir, mas nos presenteia com uma condição muito mais fortalecida e renovada de nós mesmos. Plutão leva e traz. Colabore com estes processos internos. Envolva-se com o que Plutão te sugere... Assim, as transformações ocorrerão de maneira profunda e integrada e as finalizações não virão sem a sua permissão. Plutão garante tesouros enterrados, mas o esforço para descobri-los é de cada um de nós. Plutão em trânsito pelas casas Casa I Quando Plutão transita pela Casa I, nossa aparência pode mudar radicalmente e passamos a nos apresentar ao mundo de uma maneira completamente diferente. Uma imperiosa necessidade de alterar a própria vida, ou induzir os outros a mudarem em si próprios, aquilo que não conseguimos ver ou modificar em nós mesmos, pode se fazer presente. É um bom momento de estarmos atentos a talentos que sequer cogitávamos possuir e contarmos com a possibilidade de seguirmos pela vida através de caminhos completamente diferentes. Casa II Quando Plutão transita pela casa II, o alvo são mudanças nas nossas finanças, posses e valores. Pode-se ganhar ou perder muito. Mudam os valores. Aquilo que, até então, valorizávamos muito, passamos a não valorizar tanto. Casa III Quando Plutão transita pela casa III, surge a necessidade de querermos saber como funcionam as coisas. Um espírito curioso e investigativo toma conta de nós e nossos pensamentos podem se tornar mais obsessivos transformando nossa expressão como um todo. Irmãos, parentes e vizinhos podem estar vivendo questões cruciais, solicitando nossa atenção. Casa IV Quando Plutão transita pela casa IV, revivemos o passado com intensidade. Dores, traumas, situações mal compreendidas e questões familiares esquecidas, despertam traumas infantis, fazendo com que revisitemos o que pensávamos já estar bem longe de nossas vidas. Nossas raízes são profundamente abaladas, exigindo outra compreensão e posicionamento em nossa vida adulta, a respeito destes assuntos. Casa V Quando Plutão transita pela casa V podemos descobrir novas e criativas maneiras de nos divertirmos. Filhos podem nascer, talvez precisemos fazer ajustes em nossa vida por causa deles, e também podem surgir dificuldades em relação a estes assuntos. Amores podem ser vividos em segredo, assim como sentimentos passionais, podem vir a permear estas relações. Casa VI Quando Plutão transita pela casa VI, mal estares, grande tensão, pensamentos pessimistas, somatizações e até mesmo doenças podem nos debilitar. Um novo trabalho pode surgir e o trabalho que executamos até então pode passar por várias situações desconfortáveis e inadequadas, fazendo-nos questionar nosso caminho e nossas relações, principalmente com o poder e a maneira como a autoridade é exercida. Casa VII Quando Plutão transita pela casa VII, o casamento, as sociedades e os processos judiciais podem se tornar assuntos presentes e que passam a ocupar nossos pensamentos e dia a dia. Ciúme, raiva, intriga, inveja, infidelidade, podem fazer parte de situações que precisamos depurar, revelando profundas insatisfações e inquietações nestas áreas e gerando um grande desejo de definição. Casa VIII Quando Plutão transita pela casa VIII, que corresponde a Escorpião, da qual ele é regente natural, podemos descobrir meios de aumentarmos nossas posses ou termos problemas com dívidas, heranças e impostos. Somos afetados pelo dinheiro dos outros e pelo mau uso que fazem do que é nosso, em aplicações e negócios. Mudanças no comportamento sexual e a expressão da própria sexualidade podem apontar para a necessidade de resolvermos questões nesta área tão cheia de melindres. Pode ser que o interesse por tudo o que é oculto venha à tona, tentando fazê-la compreender os processos de morte, transformação e renascimento, assim como estados depressivos e os impulsos destrutivos. Casa IX Quando Plutão transita pela casa IX, pode haver um redirecionamento em nossa filosofia de vida ou religiosidade. A busca de um novo sentido passa a ser a viga mestra de nossa busca neste momento. Viagens e trocas com outras culturas podem dar uma guinada de 360º em sua vida! Pode resolver se dedicar a novos estudos com afinco, redirecionando seu exercício profissional. Casa X O trânsito de Plutão pela casa X afeta a carreira, a maneira como somos vistos e o relacionamento com quem representa a autoridade. Pode revelar insatisfações com a vida profissional e a descoberta de sua verdadeira vocação. Atenção com a excessiva exposição em público e o envolvimento em negócios pouco claros. Casa XI Quando Plutão transita pela casa XI, amizades, grupos, metas e objetivos de longo prazo são afetados. A ruptura, ou pelo contrário, a participação em grupos sociais que beneficiem coletivamente outras pessoas pode acontecer, ou, ao menos, despertar o seu interesse. Poderá haver mudanças nos seus objetivos de longo prazo. Fique atenta a fanatismos! Privilegie o tão almejado caminho do meio! Casa XII Quando Plutão transita pela Casa XII, pessoas do passado podem reaparecer em nossas vidas, trazendo consigo problemas que foram mal resolvidos lá atrás. Revisitar este passado, o tornará excessivamente sensível e, como conseqüência, poderá agir como elemento de transformação da sociedade se envolvendo fortemente com uma causa.">
Plutão: como a força do planeta afeta a sua vida?

Plutão: como a força do planeta afeta a sua vida?

Plutão é o planeta regente do signo de Escorpião. Falar de Plutão é falar de um cardápio indigesto para a grande maioria das pessoas. É falar de obsessões, de fobias, de crescimento lento e gradual, de transmutação, de inícios e finalizações, de isolamento, de coerção, de morte, de lutas pelo poder, de sentimentos extremamente passionais. Plutão é geração, regeneração e degeneração, que traz à tona segredos. Plutão é radical, tudo o que está sob a sua mira, se torna grave, inevitável e promove impulsos vigorosos mesmo sob circunstâncias desfavoráveis.

Representante do impulso destruidor e/ou transformador, pertence ao mundo subterrâneo e ao que não pode ser visto, inclusive nossos próprios processos inconscientes, ilustres desconhecidos.

O posicionamento de Plutão no mapa de cada um de nós mostra onde serão encontradas situações complexas, onde é que estão as questões que precisaremos resolver de forma profunda e solitária. Plutão é o mistério e nos mostra onde precisamos morrer para o que não nos serve mais em termos evolutivos, e renascermos transformados.

Este mergulho é um convite para que enfrentemos nossos medos, exorcizemos os fantasmas para então curarmos nossas feridas. Plutão estende o convite de maneira a nos tornarmos profundos investigadores de nós mesmos, indo muito além do que as aparências fragilmente nos impõem. A outra opção é viver lado a lado com o seu lado sombrio, desconhecido, temeroso, passional, destruidor e vingativo.

Conforme Plutão caminha pelo nosso Mapa Natal, vai instigando transformações em cada área de experiência, provocando movimentos dentro e fora de nós mesmos. Plutão quer o essencial, quer atitudes corajosas, quer o mergulho no que é obscuro para que então este material possa ser trazido à luz da consciência.

Como resistimos muito ao desconhecido, às mudanças cujos resultados finais não sabemos quais serão, Plutão é sempre temido e visto com reticências e arrepios. Plutão nos convida a experimentarmos novas referências, a sairmos da nossa zona de conforto. E isso soa como bastante assustador. Plutão desafia, Plutão pode exaurir, mas nos presenteia com uma condição muito mais fortalecida e renovada de nós mesmos. Plutão leva e traz.

Colabore com estes processos internos. Envolva-se com o que Plutão te sugere… Assim, as transformações ocorrerão de maneira profunda e integrada e as finalizações não virão sem a sua permissão.

Plutão garante tesouros enterrados, mas o esforço para descobri-los é de cada um de nós.

Plutão em trânsito pelas casas

Casa I
Quando Plutão transita pela Casa I, nossa aparência pode mudar radicalmente e passamos a nos apresentar ao mundo de uma maneira completamente diferente. Uma imperiosa necessidade de alterar a própria vida, ou induzir os outros a mudarem em si próprios, aquilo que não conseguimos ver ou modificar em nós mesmos, pode se fazer presente. É um bom momento de estarmos atentos a talentos que sequer cogitávamos possuir e contarmos com a possibilidade de seguirmos pela vida através de caminhos completamente diferentes.

Casa II
Quando Plutão transita pela casa II, o alvo são mudanças nas nossas finanças, posses e valores. Pode-se ganhar ou perder muito. Mudam os valores. Aquilo que, até então, valorizávamos muito, passamos a não valorizar tanto.

Casa III
Quando Plutão transita pela casa III, surge a necessidade de querermos saber como funcionam as coisas. Um espírito curioso e investigativo toma conta de nós e nossos pensamentos podem se tornar mais obsessivos transformando nossa expressão como um todo. Irmãos, parentes e vizinhos podem estar vivendo questões cruciais, solicitando nossa atenção.

Casa IV
Quando Plutão transita pela casa IV, revivemos o passado com intensidade. Dores, traumas, situações mal compreendidas e questões familiares esquecidas, despertam traumas infantis, fazendo com que revisitemos o que pensávamos já estar bem longe de nossas vidas. Nossas raízes são profundamente abaladas, exigindo outra compreensão e posicionamento em nossa vida adulta, a respeito destes assuntos.

Casa V
Quando Plutão transita pela casa V podemos descobrir novas e criativas maneiras de nos divertirmos. Filhos podem nascer, talvez precisemos fazer ajustes em nossa vida por causa deles, e também podem surgir dificuldades em relação a estes assuntos. Amores podem ser vividos em segredo, assim como sentimentos passionais, podem vir a permear estas relações.

Casa VI
Quando Plutão transita pela casa VI, mal estares, grande tensão, pensamentos pessimistas, somatizações e até mesmo doenças podem nos debilitar. Um novo trabalho pode surgir e o trabalho que executamos até então pode passar por várias situações desconfortáveis e inadequadas, fazendo-nos questionar nosso caminho e nossas relações, principalmente com o poder e a maneira como a autoridade é exercida.

Casa VII
Quando Plutão transita pela casa VII, o casamento, as sociedades e os processos judiciais podem se tornar assuntos presentes e que passam a ocupar nossos pensamentos e dia a dia. Ciúme, raiva, intriga, inveja, infidelidade, podem fazer parte de situações que precisamos depurar, revelando profundas insatisfações e inquietações nestas áreas e gerando um grande desejo de definição.

Casa VIII
Quando Plutão transita pela casa VIII, que corresponde a Escorpião, da qual ele é regente natural, podemos descobrir meios de aumentarmos nossas posses ou termos problemas com dívidas, heranças e impostos. Somos afetados pelo dinheiro dos outros e pelo mau uso que fazem do que é nosso, em aplicações e negócios. Mudanças no comportamento sexual e a expressão da própria sexualidade podem apontar para a necessidade de resolvermos questões nesta área tão cheia de melindres. Pode ser que o interesse por tudo o que é oculto venha à tona, tentando fazê-la compreender os processos de morte, transformação e renascimento, assim como estados depressivos e os impulsos destrutivos.

Casa IX
Quando Plutão transita pela casa IX, pode haver um redirecionamento em nossa filosofia de vida ou religiosidade. A busca de um novo sentido passa a ser a viga mestra de nossa busca neste momento. Viagens e trocas com outras culturas podem dar uma guinada de 360º em sua vida! Pode resolver se dedicar a novos estudos com afinco, redirecionando seu exercício profissional.

Casa X
O trânsito de Plutão pela casa X afeta a carreira, a maneira como somos vistos e o relacionamento com quem representa a autoridade. Pode revelar insatisfações com a vida profissional e a descoberta de sua verdadeira vocação. Atenção com a excessiva exposição em público e o envolvimento em negócios pouco claros.

Casa XI
Quando Plutão transita pela casa XI, amizades, grupos, metas e objetivos de longo prazo são afetados. A ruptura, ou pelo contrário, a participação em grupos sociais que beneficiem coletivamente outras pessoas pode acontecer, ou, ao menos, despertar o seu interesse. Poderá haver mudanças nos seus objetivos de longo prazo. Fique atenta a fanatismos! Privilegie o tão almejado caminho do meio!

Casa XII
Quando Plutão transita pela Casa XII, pessoas do passado podem reaparecer em nossas vidas, trazendo consigo problemas que foram mal resolvidos lá atrás. Revisitar este passado, o tornará excessivamente sensível e, como conseqüência, poderá agir como elemento de transformação da sociedade se envolvendo fortemente com uma causa.

Envie por e-mail

Carregando... Mapa Natal, vai instigando transformações em cada área de experiência, provocando movimentos dentro e fora de nós mesmos. Plutão quer o essencial, quer atitudes corajosas, quer o mergulho no que é obscuro para que então este material possa ser trazido à luz da consciência. Como resistimos muito ao desconhecido, às mudanças cujos resultados finais não sabemos quais serão, Plutão é sempre temido e visto com reticências e arrepios. Plutão nos convida a experimentarmos novas referências, a sairmos da nossa zona de conforto. E isso soa como bastante assustador. Plutão desafia, Plutão pode exaurir, mas nos presenteia com uma condição muito mais fortalecida e renovada de nós mesmos. Plutão leva e traz. Colabore com estes processos internos. Envolva-se com o que Plutão te sugere... Assim, as transformações ocorrerão de maneira profunda e integrada e as finalizações não virão sem a sua permissão. Plutão garante tesouros enterrados, mas o esforço para descobri-los é de cada um de nós. Plutão em trânsito pelas casas Casa I Quando Plutão transita pela Casa I, nossa aparência pode mudar radicalmente e passamos a nos apresentar ao mundo de uma maneira completamente diferente. Uma imperiosa necessidade de alterar a própria vida, ou induzir os outros a mudarem em si próprios, aquilo que não conseguimos ver ou modificar em nós mesmos, pode se fazer presente. É um bom momento de estarmos atentos a talentos que sequer cogitávamos possuir e contarmos com a possibilidade de seguirmos pela vida através de caminhos completamente diferentes. Casa II Quando Plutão transita pela casa II, o alvo são mudanças nas nossas finanças, posses e valores. Pode-se ganhar ou perder muito. Mudam os valores. Aquilo que, até então, valorizávamos muito, passamos a não valorizar tanto. Casa III Quando Plutão transita pela casa III, surge a necessidade de querermos saber como funcionam as coisas. Um espírito curioso e investigativo toma conta de nós e nossos pensamentos podem se tornar mais obsessivos transformando nossa expressão como um todo. Irmãos, parentes e vizinhos podem estar vivendo questões cruciais, solicitando nossa atenção. Casa IV Quando Plutão transita pela casa IV, revivemos o passado com intensidade. Dores, traumas, situações mal compreendidas e questões familiares esquecidas, despertam traumas infantis, fazendo com que revisitemos o que pensávamos já estar bem longe de nossas vidas. Nossas raízes são profundamente abaladas, exigindo outra compreensão e posicionamento em nossa vida adulta, a respeito destes assuntos. Casa V Quando Plutão transita pela casa V podemos descobrir novas e criativas maneiras de nos divertirmos. Filhos podem nascer, talvez precisemos fazer ajustes em nossa vida por causa deles, e também podem surgir dificuldades em relação a estes assuntos. Amores podem ser vividos em segredo, assim como sentimentos passionais, podem vir a permear estas relações. Casa VI Quando Plutão transita pela casa VI, mal estares, grande tensão, pensamentos pessimistas, somatizações e até mesmo doenças podem nos debilitar. Um novo trabalho pode surgir e o trabalho que executamos até então pode passar por várias situações desconfortáveis e inadequadas, fazendo-nos questionar nosso caminho e nossas relações, principalmente com o poder e a maneira como a autoridade é exercida. Casa VII Quando Plutão transita pela casa VII, o casamento, as sociedades e os processos judiciais podem se tornar assuntos presentes e que passam a ocupar nossos pensamentos e dia a dia. Ciúme, raiva, intriga, inveja, infidelidade, podem fazer parte de situações que precisamos depurar, revelando profundas insatisfações e inquietações nestas áreas e gerando um grande desejo de definição. Casa VIII Quando Plutão transita pela casa VIII, que corresponde a Escorpião, da qual ele é regente natural, podemos descobrir meios de aumentarmos nossas posses ou termos problemas com dívidas, heranças e impostos. Somos afetados pelo dinheiro dos outros e pelo mau uso que fazem do que é nosso, em aplicações e negócios. Mudanças no comportamento sexual e a expressão da própria sexualidade podem apontar para a necessidade de resolvermos questões nesta área tão cheia de melindres. Pode ser que o interesse por tudo o que é oculto venha à tona, tentando fazê-la compreender os processos de morte, transformação e renascimento, assim como estados depressivos e os impulsos destrutivos. Casa IX Quando Plutão transita pela casa IX, pode haver um redirecionamento em nossa filosofia de vida ou religiosidade. A busca de um novo sentido passa a ser a viga mestra de nossa busca neste momento. Viagens e trocas com outras culturas podem dar uma guinada de 360º em sua vida! Pode resolver se dedicar a novos estudos com afinco, redirecionando seu exercício profissional. Casa X O trânsito de Plutão pela casa X afeta a carreira, a maneira como somos vistos e o relacionamento com quem representa a autoridade. Pode revelar insatisfações com a vida profissional e a descoberta de sua verdadeira vocação. Atenção com a excessiva exposição em público e o envolvimento em negócios pouco claros. Casa XI Quando Plutão transita pela casa XI, amizades, grupos, metas e objetivos de longo prazo são afetados. A ruptura, ou pelo contrário, a participação em grupos sociais que beneficiem coletivamente outras pessoas pode acontecer, ou, ao menos, despertar o seu interesse. Poderá haver mudanças nos seus objetivos de longo prazo. Fique atenta a fanatismos! Privilegie o tão almejado caminho do meio! Casa XII Quando Plutão transita pela Casa XII, pessoas do passado podem reaparecer em nossas vidas, trazendo consigo problemas que foram mal resolvidos lá atrás. Revisitar este passado, o tornará excessivamente sensível e, como conseqüência, poderá agir como elemento de transformação da sociedade se envolvendo fortemente com uma causa.">

Lembrete de Aniversário

Mande uma surpresa para todos os seus amigos que fazem aniversário em breve.

Conectar ao Facebook